PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO EM SERVIÇOES DE SAÚDE

Produção e aplicação de conhecimento na atenção básica. Bioestatística e Epidemiologiaaplicada aos serviços de saúde. Características e limitações de estudos quantitativos e qualitativos. Aplicação de métodos quantitativos e qualitativos para pesquisa e ações dos serviços de saúde. Utilização de recursos de análise estatística e pesquisa social. Introdução às praticas em saúde baseadas em evidências. Uso da informação científicas sistemáticas para apoiar decisões. Desenvolvimento e validade de instrumentos para coleta de dados em nível local. Elaboração de projetos de investigação e de intervenção:etapas e métodos.

Bibliografia: 

BASTOS, J.L.D.; DUQUIA, R.P. Tipos de dados e formas de apresentação na pesquisa clínico epidemiológica. Scientia Médica, 2006;16(3):133-38.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2004.

BAUER, M.W.; GASKELL, G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. 7. ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

BECKER, H. Segredos e truques da pesquisa. Rio de Janeiro: Ed. Zahar, 2007. BENSEÑOR, I.M.; LOTUFO, P.A. Epidemiologia: abordagem prática. São Paulo: Sarvier, 2005

BERNARDO, W.M; NOBRE, M.R.C.; JATENE, F.B. Prática clínica baseada em evidências. Parte II busca de evidências em fontes de informação. Rev Assoc Med Bras 2004;50(1):104- 108.

BOSI, M.L.M.; MERCADO,F.J. (Org.). Pesquisa qualitativa de serviços de saúde.  Petrópolis: Vozes, 2004.

CONCEIÇÃO, M.J. Leitura crítica dos dados estatísticos em  trabalhos científicos. Rev Bras CirCardiovasc 2008;23(3):396-399

DESLANDES, S.F. e MINAYO , M.C. (org) Caminhos do Pensamento Epistemológico e Método. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2002.

DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. O planejamento da pesquisa cientifica: teorias e abordagens. Porto Alegre: Artmed, 2006.

ECO, U. Como se faz uma tese. 21ªed. São Paulo: Perspectiva, 2008.

FLETCHER, R.W.; FLETCHER, S.E. Epidemiologia clínica: elementos essenciais. 4ª ed. ArtMed. Porto Alegre, 2006.

GATTI, B. A. Grupo focal na pesquisa em Ciências Sociais e Humanas. Brasília: Líber Livro Efitora (Série Pesquisa em Educação 10), 2005.

HENRIQUE, C.C ; SIMÕES, D.M.P (orgs.) A redação de Trabalhos Acadêmicos. Teoria e Prática -4ª ed.- Rio de Janeiro:EdUERJ, 2008. 

HORTALE, V. et al. Pesquisa em saúde pública: fronteiras, objetos e métodos. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2010.

KOCH, I. G. V. O texto e a construção dos Sentidos. 9ª ed. São Paulo: Contexto, 2007.

LACERDA, R.A et al . Práticas baseadas em evidências publicadas no Brasil: identificação e análise de suas vertentes e abordagens metodológicas. Rev. Esc. Enferm. USP, São Paulo, v. 45, n. 3, jun. 2011.

LEOPARDI, M. T. Metodologia da pesquisa na saúde. Santa Maria: Pallotti, 2001. p.187-209.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisa, amostragens, técnicas de pesquisa e elaboração, análise e interpretação de dados. 6ª ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MEDRONHO, R.A. et al (Eds.) Epidemiologia. R.A. São Paulo, ATHENEU, 2002. 

MINAYO, M.C.S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 10ª ed. São  Paulo: Hucitec, 2007. 

MINAYO, M. C. S.; ASSIS, S. G.; SOUZA. E.R. (orgs.) Avaliação por triangulação de  métodos: abordagem de programas sociais. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2005. 

POUPART, J.; DESLARIERS. J. P.; GROULX, L. H.; LAPERRIÈRE, A.; MAYER, R.; PIRES,  A. P. A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis: Editora Vozes, 2008. 

PAGANO, M.; GAUVREAU, K. Princípios de Bioestatísitca. São Paulo: Pioneira Thomson  Learning; 2004. 

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. 11ª ed. São Paulo: Cortez, 2002. 

TURATO, E.R. Tratado da metodologia da pesquisa clínico-qualitativa: construção teóricoepistemológica,  discussão comparada e aplicação nas áreas da saúde e humana. 3ª. Ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

VICTORA, C. G.; KNAUTH, D. R.; HASSEN, M. N. A. Pesquisa qualitativa em saúde: uma introdução ao tema. Porto Alegre:Tomo Editorial, 2000.