Disciplinas

ATENÇÃO E GESTÃO DO CUIDADO

Conhecimento dos determinantes sociais de saúde no território e no brasil. O processo saúde-doença-cuidado e os modelos tecnoassistenciais em saúde. Bases da Vigilância em Saúde e sua integração com a APS. O processo de trabalho na dimensão do cuidado em saúde.. Evidências clínicas e Linhas de Cuidado e sua utilização na Saúde da Família. Ferramentas de acesso: acolhimento, Out-of-hours, agenda livre. Rastreamento, abordagem e tratamento. Classificação de risco e estratificação de risco. Registros Médicos Orientados ao problema: folha de rosto, SOAP e uso do ICPC-2.

ATENÇÃO INTEGRAL NA SAÚDE DA FAMÍLIA

Saúde Pública, direitos e cidadania. Estado e políticas sociais. Determinantes econômicos, sociais e políticos para a formulação de políticas sociais e de saúde. A formação do SUS e a reforma sanitária no Brasil. O SUS na atualidade ou Desafios atuais do SUS. As correntes e os princípios da Atenção Primária à Saúde. As diferentes experiências internacionais de Atenção Primária. A Política Nacional de Atenção Básica. O conceito de integralidade na atenção à saúde. As linhas de cuidado segundo os ciclos de vida. A constituição das Redes de Atenção à Saúde.

EDUCAÇÃO NA SAÚDE

As concepções teóricas e metodológicas de ensino-aprendizagem. Metodologia ativas de aprendizagem: possibilidades de aplicação na graduação e no processo de mobilização de adultos. Referenciais da educação na saúde e suas implicações no nível individual e coletivo. Análise crítica-compreensiva das políticas de educação em saúde. Práticas educativas transformadoras e sala contribuição na consolidação do Sistema Único de Saúde. Utilização de tecnologias de informação e comunicação em saúde. Educação popular em saúde como estratégia de promoção de saúde.

PLANEJAMENTO E AVALIAÇÃO NA SAÚDE DA FAMÍLIA

Princípios do planejamento e da avaliação em saúde. Vertentes do planejamento em saúde: normativo e estratégico situacional Princípios e diretrizes do pacto pela saúde e consequências para Estratégia de Saúde da Família. Contrato de gestão na atenção básica. Instrumentos de planejamento e gestão no âmbito do SUS Planejamento, avaliação e monitoramento e melhoria continua da qualidade nas ações da ESF em consonância com a Política Nacional da Atenção Básica. Avaliação e desenvolvimento do planejamento em nível local.

Produção de conhecimento em saúde

Produção e aplicação de conhecimento na atenção básica. Bioestatística e Epidemiologiaaplicada aos serviços de saúde. Características e limitações de estudos quantitativos e qualitativos. Aplicação de métodos quantitativos e qualitativos para pesquisa e ações dos serviços de saúde. Utilização de recursos de análise estatística e pesquisa social. Introdução às praticas em saúde baseadas em evidências. Uso da informação científicas sistemáticas para apoiar decisões. Desenvolvimento e validade de instrumentos para coleta de dados em nível local.

PROMOÇÃO DA SAÚDE

Marcos históricos e conceituais da promoção da saúde e implicações na reorientação dos serviços. Importância dos determinantes sociais para as ações de promoção da saúde. Conhecendo a Política Nacional de Promoção da saúde. Promoção da saúde na produção do cuidado na perspectiva da integralidade e intersetorialidade. Gestão participativa, participação popular e a autonomia do sujeito. O Território para a Saúde da Família. Redes sociais. Orientação Comunitária e Competência Cultural. Experiências na promoção da saúde.
 

SEMINÁRIOS DE ACOMPANHAMENTO

Busca de referências nas principais bases bibliográficas eletrônicas. Sistematização e apresentação de referências bibliográficas com apoio de softwares. Etapas de projetos de pesquisa. Desenvolvimento de projetos: sumário, objetivos, métodos e técnicas de coleta e análise de dados. Apresentação dos trabalhos em desenvolvimento pelos alunos e problematização das decisões metodológicas. Acompanhamento das atividades acadêmicas dos alunos.
 

Sistema de informação no cuidado e na gestão

Análise crítica de indicadores e pactuação de metas. Principais sistemas de  informação em  saúde: cenário atual  e  perspectivas.  Utilizando  indicadores  para  análise da situação de Saúde: Transição epidemiológica e demográfica. Gerenciamento da informação e tomada de decisões na atenção básica: importância e dificuldades da produção de dados em nível local.   Segurança e confiabilidade da informação nos registros eletrônicos. E-Sus. Ferramentas de utilização de informação para programação local. Instrumentos de divulgação da informação em nível local.